fbpx
Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

Wishlist literária de setembro

Faz tempo que não apareço aqui para falar de livros, né? Acontece que este ano está bem difícil conseguir ler alguma história. Com a faculdade à noite, chego em casa bem tarde e cansada, isso sem contar os trabalhos.
Prometi a mim mesma que voltaria com os livros! Sinto muita falta de acompanhar histórias diferentes e conhecer personagens novos. Aproveitando esse clima de bienal, trouxe para vocês quais são os livros que quero muito ler e comprar no próximo mês! Alguns são antigos e até já apareceram por aqui, mas coloquei-os de novo na lista porque não consegui comprar. Quem sabe agora eu consigo, né?

  • Sábado à Noite 3: Com Amor e Música, Babi Dewet (sem link para comprar ainda): Esse pode ser o fim da trilogia (para quem não conhece, já falei sobre o primeiro e o segundo livro aqui no blog!), mas “Sábado à Noite 3 – Com amor e música” é apenas o começo da vida de Daniel Marques, o famoso vocalista e guitarrista da Scotty. Alta Granada não é mais o palco principal, agora, a banda formada por ele, Caio, Rafael e Bruno toca em shows lotados no país inteiro. Os músicos já não são mascarados amadores, são reconhecidos e estão aproveitando o máximo no melhor estilo rockstar, sem precisarem esconder os rostos, estampados nas capas de revistas, jornais e nos noticiários. Amanda, por outro lado, deverá decidir entre viver o sonho de sua vida ao lado de quem ama ou continuar na segurança da cidade pequena de sempre. Será que ela pode ser muito mais do que os outros pensam? Jogar tudo para o alto e lutar pelo amor nascido nas praias do interior e nos bailes de sábado à noite do colégio valerá a pena? Junto a seus melhores amigos, Daniel e Amanda enfrentarão a maior decisão de suas vidas no desfecho tão esperado dessa história. Junte-se a eles e mergulhe nas páginas recheadas de música, dramas e amizade do último volume de SAN.
  • Just Listen – A Garota que Esconde um Segredo, Sarah Dessen (link para comprar): Depois de ter sido pega com o namorado da melhor amiga numa festa, Annabel Greene começa o ano letivo sozinha e sendo ignorada pelo resto da escola. Mas o que realmente aconteceu naquela noite ainda é segredo, que ela não se arrisca a contar para ninguém. Os problemas de Annabel são explicitados pela recusa da família em admitir os próprios problemas, a fissura da mãe para que as filhas virem modelos famosas e Whitney, a irmã do meio, que sofre de anorexia. Uma amizade com Owen, o DJ da rádio comunitária, que tenta constantemente ampliar os gostos musicais de Annabel, fará a tímida jovem aprender a falar a verdade, doa em quem doer.
  • A Graça da Coisa, Martha Medeiros (link para comprar): Passar pela vida à toa é um desperdício imperdoável. Que o mundo está uma doidice sem tamanho não é preciso dizer. Que estamos cada vez trabalhando mais, ficando mais tempo no celular e no trânsito, nem se fala. Então como sobreviver, ou melhor, como viver em meio a este caos que se transformou a nossa vida? Para Martha Medeiros, a grande questão é se desapegar daquilo que é desnecessário, que nos faz mal, que nos atrasa, e enxergar a graça da coisa – sendo a ‘coisa’, no caso, a própria vida. É deixar ideias pré-concebidas de lado, saber rir de si mesmo, se reinventar; estar aberto para encontrar o amor onde menos se espera, é transformar a ansiedade em sabedoria, é saber ouvir, é um conjunto de pequenas atitudes que, se colocadas em prática, vão nos ajudar a levar uma vida mais desestressada e, de quebra, nos surpreender. Reverenciando a tradição da crônica brasileira, Martha Medeiros fala cara a cara com o leitor, mostrando que não estamos sozinhos nas nossas neuroses diárias. Esta coletânea de oitenta textos que abordam os temas mais caros à autora – o amor, o cinema, os relacionamentos, as relações familiares, entre muitos outros – traz, sem dúvida, alguns dos assuntos sobre os quais mais nos indagamos hoje em dia – um prato cheio para o autoconhecimento.

  • A Menina Quebrada, Eliane Brum (link para comprar): Nas colunas da repórter Eliane Brum no site da revista Época, a vida pode ser tudo, menos rasa. A cada segunda-feira, os leitores encontram um olhar sobre o Brasil, sobre o mundo, sobre a vida – a de dentro e a de fora. Eliane pode escrever sobre a Amazônia profunda, como alguém que cobre a floresta desde os anos 90; ou pode provocar pais e filhos, com uma observação aguda das relações familiares marcadas pelo consumo; ou pode refletir sobre a ditadura da felicidade, que tanta infelicidade nos causa. O que não muda são a profundidade e a seriedade com que ela trata cada tema. O que não é surpresa é seu enorme talento para enxergar muito além do óbvio. Essa combinação transformou sua coluna de opinião em um fenômeno de audiência. Este livro reúne seus melhores textos e dá ao leitor uma fotografia do nosso tempo, visto pelo olhar de uma repórter que observa as ruas do mundo disposta a ver. E que escreve para desacomodar o olhar de quem a lê.
  • O Guia do Mochileiro das Galáxias, Douglas Adams (link para comprar): Arthur Dent tem sua casa e seu planeta (sim, a Terra) destruídos em um mesmo dia, e parte pela galáxia com seu amigo Ford, que acaba de revelar que na verdade nasceu em um pequeno planeta perto de Betelgeuse. Considerado um dos maiores clássicos da literatura de ficção científica, este livro vem encantando gerações de leitores ao redor do mundo com seu humor afiado. Este é o primeiro título da famosa série escrita por Douglas Adams, que conta as aventuras espaciais do inglês Arthur Dent e de seu amigo Ford Prefect. A dupla escapa da destruição da Terra pegando carona numa nave alienígena, graças aos conhecimentos de Prefect, um E.T. que vivia disfarçado de ator desempregado enquanto fazia pesquisa de campo para a nova edição do Guia do Mochileiro das Galáxias, o melhor guia de viagens interplanetário. Mestre da sátira, Douglas Adams cria personagens inesquecíveis e situações mirabolantes para debochar da burocracia, dos políticos, da “alta cultura” e de diversas instituições atuais. Seu livro, que trata em última instância da busca do sentido da vida, não só diverte como também faz pensar.

  • Eleanor & Park, Rainbow Rowell (link para comprar): Eleanor & Park é engraçado, triste, sarcástico, sincero e, acima de tudo, geek. Os personagens que dão título ao livro são dois jovens vizinhos de dezesseis anos. Park, descendente de coreanos e apaixonado por música e quadrinhos, não chega exatamente a ser popular, mas consegue não ser incomodado pelos colegas de escola. Eleanor, ruiva, sempre vestida com roupas estranhas e “grande” (ela pensa em si própria como gorda), é a filha mais velha de uma problemática família. Os dois se encontram no ônibus escolar todos os dias. Apesar de uma certa relutância no início, começam a conversar, enquanto dividem os quadrinhos de X-Men e Watchmen. E nem a tiração de sarro dos amigos e a desaprovação da família impede que Eleanor e Park se apaixonem, ao som de The Cure e Smiths. Esta é uma história sobre o primeiro amor, sobre como ele é invariavelmente intenso e quase sempre fadado a quebrar corações. Um amor que faz você se sentir desesperado e esperançoso ao mesmo tempo.
Agora quero saber de vocês: quais livros querem ler? Já leram algum dessa lista? Comenta aí!

Compartilhe o post

5 comentários
  • Aline Hoepers
    setembro 6, 2014

    Eu li "O mochileiro das galáxias" sem expectativa nenhuma, e acabei amando!
    Chorando porque ainda não li Sábado a noite D=

  • Betânia Duarte
    setembro 3, 2014

    Eu quero há muito tempo ler Sábado a Noite, mas eu nunca acho em livrarias nem sebo, esyou ficando doida :/

    Sorriso Espontâneo

  • Beatriz Taguti
    setembro 1, 2014

    Adorei!! Indico pra você o "Perdão Leonard Peacock" de Mathew Quick, é maravilhoso!!

  • De repente dezoito
    agosto 24, 2014

    QUERO TODOSSSSSSSSS! Ave, ta tudo mundo me viciando em comprar livros!

  • Aléxia Oliveira
    agosto 24, 2014

    Ju, Just Listen é um dos meus livros preferidos, se não for o preferido mesmo (nunca consigo definir essas coisas). É sensível, a Sarah Dessen consegue abordar temas pesados de forma tão leve, que nossa! Tem muitos problemas familiares, e acho que isso é uma característica dela mesmo, o que eu amo, pois ela consegue balancear tudo perfeitamente ♥ É uma coisa linda, o final foi ótimo. Leia looooogo, não vai se arrepender! Beijocas.

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.