fbpx
Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

Resenha: Sábado à noite 2 – dos bailes para a fama

Sábado à noite 2 - Dos bailes para a fama

Uma das coisas que eu adoro é encontrar bons escritores nacionais. Sempre que isso acontece, me sinto super orgulhosa em saber que alguém tão bom vive aqui no nosso Brasil. Alguns leitores ainda têm aquele preconceito bobo e acham que só os livros gringos prestam. Mas, ó, pode esquecer isso!

Confesso que eu nunca tinha dado tanto espaço à literatura brasileira. Li alguns clássicos, como Dom Casmurro, mas até pouco tempo atrás eu não tinha nada “novo”. Aí, comprei um aqui, outro ali… E fui descobrindo escritores maravilhosos, como a Nat Bespaloff, autora de Invisível ao Toque e a Babi Dewet, autora do livro que estou resenhando hoje.
Sábado à Noite 2 – dos bailes para a fama é o segundo livro da trilogia de Sábado à Noite (carinhosamente chamado de SAN). Li o primeiro livro e me apaixonei, assim como falei na resenha. Cheguei até a entrevistar a Babi para o jornal da faculdade! No ano passado, uma frase minha foi escolhida para aparecer na contra-capa do livro. E ainda conheci a autora no lançamento de SAN2! Tudo isso só confirmou o que eu já percebia nas redes sociais: além de uma ótima escritora, a Babi ainda é super simpática e divertida!
O evento aconteceu no ano passado e li o livro há algum tempo. Porém, só hoje me lembrei de fazer a resenha! Mesmo após tantos meses, cá estou eu para dar minha opinião. Antes tarde que nunca, certo?

Resenha: Sábado à Noite 2 – dos bailes para a fama, de Babi Dewet

Sinopse: Amanda está sozinha. A garota mais popular da cidade agora é o novo alvo de insultos no colégio. Suas amigas se sentem traídas e seu melhor amigo não quer nem saber da versão dela da história. Também, ela é a culpada por ele ter ido embora. Ela é a culpada pela banda ter chegado ao fim. “Podemos ser muito mais do que as pessoas acham que somos”, não foi isso que Daniel disse para ela quando partiu sem ao menos se despedir? Pois Amanda irá provar para todos que mudou. Sua amizade com Kevin ficará cada vez mais forte, superando todo tipo de preconceito, e ela irá atrás do perdão de seus amigos. O segundo volume da trilogia “Sábado à Noite” fala mais uma vez sobre amizade, superação e um amor que vem sendo construindo com o tempo. Entre brigas e partidas de paintball, bailes aos sábado com novos integrantes e um festival de música que irá mudar a vida de todos, Amanda e Daniel tentarão se acertar. Já os marotos, antes tão detestados, agora serão as celebridades da vez. Será que eles terão maturidade suficiente para enfrentar essa nova fase e conquistar os corações das suas amadas?

Sábado à noite 2 - Dos bailes para a fama
Eu estava super ansiosa para a continuação da história de Amanda, Daniel e seus amigos. No primeiro livro fiquei muito apegada a eles e confesso que senti falta quando terminei de ler. Sabe quando você se sente amiga dos personagens? Foi bem isso que aconteceu comigo.Essa aproximação se deve ao fato da Babi fazer algo que vejo poucos escritores fazendo: transformar os personagens em pessoas como nós. Em Sábado à Noite 2 dá para perceber que eles evoluíram, amadureceram e até mudaram a forma de pensarem e agirem. E isso faz com que o leitor se identifique e até se sinta mais íntimo do personagem.

Sábado à noite 2 – dos bailes para a fama também trata de diversos assuntos do nosso dia-a-dia, principalmente amizade. Gostei muito da Babi ter colocado um personagem homossexual na história e deixar claro o que ele era. Aliás, me diverti muito com o Kevin!

Outra coisa que adoro no livro (e o primeiro também se inclui aqui) é a presença das músicas. Gosto dessa mistura de literatura e canções. Até me peguei cantando em alguns momentos! haha. Ah, e claro: as referências a McFLY! Como não amar?

O livro é bem gostoso e fácil de ler. É apaixonante! Dá vontade de ler tudo de uma vez só. Aliás, falando em ler tudo… O final! Ah, o final! Babi, por favor, publica SAN3 logo, pois estou curiosíssima para a continuação! E tenho certeza que não sou a única.

E vocês? Já conheciam o livro? Comentem aí!

Compartilhe o post

6 comentários
  • Gisele Ramon
    maio 29, 2014

    Marcando no Skoob já. Adorei a resenha.
    http://www.bookspelagi.blogspot.com.br

  • Edlla
    maio 22, 2014

    Ahh, não precisa colocar isso nos comentários não!! Foi só porque eu esqueci de me despedir!! hahah Bjos!! Até o próximo, post!! 😉

  • Edlla
    maio 22, 2014

    Vou lendo o post, e a medida que quero comentar algo, vou acrescentando aqui, quando vejo o comentário já está enorme, me desculpe por isso!! haha *-* É que seus post, são ótimos, parece até que estamos batendo um papo!! Pois é, "Antes tarde do que nunca!" haha fiquei esperando li a resenha do primeiro livro, e fiquei esperando a do segundo e nada!! hahah Já estava #Ansiosa, e essa resenha só fez aumentar a minha vontade de ler logo, e rápido, preciso de R$ meu deus!!! hahah Bom, não estou tão ansiosa assim pelo SAN3, porque vai acumular e nada de mim ler nem o primeiro hahah *Brincadeira.

    Falando serio agora, adorei a resenha me deu vontade de ler mesmo, como a resenha do primeiro livro, e queria tenho uma pergunta sei que você é super fã do MCFLY, ai queria saber, você já gostava deles antes do livro, ou começou a escultar depois?!

    • julieduarte
      maio 22, 2014

      Oi, Edlla! Obrigada pelo comentário, fico muito feliz em saber que curtiu o post. Adoro saber que você sente como uma conversa, porque é essa a ideia que tenho quando escrevo hihi
      Então, eu já gostava de McFLY antes, sim! Comecei a curtir a banda por volta de 2008/2009. Conheci a Babi e SAN depois, justamente por causa da banda hehe Quis ler o livro por saber que tinha sido uma fanfic de McFLY, aí me apaixonei pela história 😛

  • Edlla
    maio 22, 2014

    Ahh, também acho super incrível, achar bons livros de escritores brasileiros, e vou confessar que tenho um pouco desse preconceito, mais de uns tempos pra cá venho procurando conhecer escritores brasileiros, conheço a Thalita Rebouças, a Bruna Vieira que começou a publicar seus livros faz pouco tempo, ah, e a Babi agora é claro, através dos seus posts! Me sinto mau por isso!! Mais com o tempo, vou aderindo aos livros brasileiros e busco referencias, não sei, dicas e tudo mais se tiver mais algum!!*-*

  • Giulia Duarte
    maio 22, 2014

    Realmente, muita gente pensa que somente autores internacionais são bons escritores e que os nacionais não prestam.
    Gostei bastante da sua resenha, e parabéns pelo blog!
    Beijos

    http://quinzemeianoite.blogspot.com/

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.