fbpx
Sign up with your email address to be the first to know about new products, VIP offers, blog features & more.

Pronta para Crescer?

Um dia, ao acordar, percebemos que algo está diferente. Nosso corpo, nossa imaginação, nossos desejos e ambições… É como se ontem nosso desejo fosse a boneca do comercial na tv, que falava 200 frases e fazia xixi, e que hoje, se transforma naquela roupa super na moda que está na melhor loja do shopping.
Indo muito mais que o material, crescer também muda os sentimentos: o amor continua, assim como a amizade, a vontade de diversão e descobertas. Porém, atualmente amor não é só de mãe, amizade não é só a coleguinha da escola, diversão não significa esconde-esconde e descobertas não tem nada haver com o sabor de um novo doce. Agora, amor se transforma em lágrimas, amizade se revela mais complicada, diversão é estar na balada do sábado e descobertas de novos sentimentos e experiências. Tudo mudou, e isso significa crescer.

Crescer vai muito além do físico: não tem nada haver com o tamanho que os seios tem agora, nem com a altura que ganhamos e muito menos com a gordurinha que tanto nos tira do sério. Crescer também significa amadurecer, aprender e aplicar o que conheceu na vida. Crescer é ganhar responsabilidade, confiança e tarefas, saber lidar com novos sentimentos, perdas, ansiedades e curto prazo.

Não vejo mais onde crescer em meu corpo: minha altura está de bom tamanho, e nada que fique maior vai me trazer mais bem estar. Porém, dentro de mim, onde sei que a importância é maior, ainda falta muita coisa, e tem muito, muito o que melhorar e aprender. Mas sei que isso só vai acontecer quando as experiências de meus dias se converterem em forças e sabedoria. E que venha as batalhas da vida, pois estarei pronta para enfrentá-las. Amadureci com meus erros e acertos, e isso eu nunca vou perder. Nunca!

Compartilhe o post

2 comentários
  • Hélvio Caldeira
    janeiro 4, 2012

    Ótimo texto!

  • Camila Leite
    janeiro 4, 2012

    Muito bom o seu texto, mas eu ainda acrescentaria que mesmo quando crescemos, queremos voltar, crescer é uma ideia tão sedutora que quando isso realmente acontece e com isso vem as responsabilidadeds, queremos ser crianças novamente e quando a primeira lágrima de amor caí, nos arrependemos por ter chorado pelo joelho ralado, aquilo, RÁ aquilo não era nada em comparação ao que sentimos hoje.
    Enfim, já estou divagando! rs
    Beijos
    Camila Leite

    @sonhospontinhos
    http://www.sonhosentrepontinhos.com

Deixe seu comentário!

O seu endereço de e-mail não será publicado.